quinta-feira, 21 de maio de 2009

Eis aqui mais um frustrado


Me designo assim por não agradar as pessoas que mais gostaria, às vezes me pergunto se vale a pena e resolvo abrir mão delas, ignorá-las, mas não consigo, é como dizem: "Ruim com elas, pior sem elas". Penso que no fundo o problema é comigo, eu mesmo não me entendo por vezes, tem dias que estou calado, solitário e vem alguém e me diz: "Aff, que menino mais morto!", já quando estou mais extrovertido (Privilégio somente para algumas pessoas que presenciam) me dizem que sou meio "louco", e depois fico me perguntando, o que é que eu faço? Eu sei que todo mundo deve ser o que é e não o que querem que sejam, em partes, eu até que sou assim, mas chega um momento que as pessoas me excluem de uma maneira que eu acho que sou inútil, essa é a verdade. Críticas é só o que últimamente tenho ouvido, procuro não ligar e deixar pra lá, mas algumas palavras pronunciadas por certas pessoas, de quem você não esperava ouvir machuca... E como machuca! Eu penso com meus botões que esses "seres divinos", sim porque pra você apontar o defeito do outro no mínimo você tem que ser perfeito, são realmente perfeitos, comparados à Deus, apesar de saber que não, gostaria que essas pessoas tivessem essa consciência, vou parar por aqui porque já até troquei de assunto.

2 comentários:

apanhadogeral disse...

As pessoas deviam se respeitar mais. Se tem uma coisa que é bonita, é a diversidade. É ela que faz a riqueza do mundo, e todos têm seu valor.
Abraço

BRINKEDIM disse...

Parabéns cara.

Gostei de suas postagens, todas tem conteudo.

Parabéns.